Entourage

Toda noiva tem atrás de si uma equipe que a acompanha. De suas escolhas iniciais ao dia do casamento tudo é planejado e elaborado para que nesse dia um complexo esquema funcione, desde a cerimônia religiosa até a chegada no buffet. Essas pessoas fazem parte de todo um trabalho que a noiva cuidadosamente contrata, para que ela tenha nesse dia  importante um apoio completo para que tudo corra de maneira perfeita. São meses de preparação, e todos são importantes, do valet ao padre. Tenho com frequência observado buffets e locais de eventos, que são contratados pela noiva para recepcionar bem seus convidados não receberem bem o entourage da noiva. É possível perceber aí a qualidade e o profissionalismo desses locais. Destaco a antipatia das mocinhas de terninho preto, este quase sempre um número menor do que o delas, que interpelam os convidados com uma indisfarçada delicadeza, constrangendo-os na maioria das vezes. Cito a falta de preocupação com a equipe que assessora a noiva, atrapalhando a dinâmica de sua chegada e a permanência dela na sua festa. É comum ver a indelicada gentileza em dispensar a essas pessoas um simples e humano copo de água. Claro, seria exagero de minha parte generalizar, pois há poucos dias acompanhei uma noiva num casamento no Alto da Cantareira, quando eu e minha equipe fomos surpreendidas com uma gentilíssima mesa de salgados, doces, sucos e água à nossa disposição, numa sala confortável para que pudéssemos fazer nosso trabalho com tranquilidade, afinal ficamos em pé ao redor da noiva durante horas. Conclusão: como é de praxe assessorar minhas noivas, que sempre me pedem orientação, com certeza, sei os buffets e espaços de festa que são parte do meu rol de indicações. Já no Leopoldo Itaim…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

entourage – as pessoas que nos cercam, comitiva.

Anúncios